Páginas

março 06, 2012

Memórias.



          Minhas lembranças sempre foram doces enquanto você se manteve presente ao meu lado. Todas aquelas cenas e imagens de um dia feliz sempre estiveram guardadas dentro de minha memória, enquanto eu soubesse que você iria, mas que sempre voltaria. Todas aquelas noites de frio, em que a noite caia sobre mim e a saudade batesse me alimentaria com as lembranças de suas palavras, de sua voz, das suas juras de amor que sempre me pareceram muito sinceras,  de todos aqueles abraços e beijos meramente carinhosos e instantâneos. Lembro-me de todas aquelas tardes ao seu lado, como um flashback tudo me passa vagarosamente e dolorosamente enquanto a música que me lembra de você, toca. Da pior forma possível, guardei você como se fosse uma música. Eu sempre soube que você iria embora um dia, mas que não tão rápido como foi.
Não sei bem quais momentos são piores, se é aquelas que duraram dias ou se é aqueles que duraram apenas um dia. Pior mesmo, é você sonhar muito com uma coisa e depois de um bom tempo, você pensa que ela vai dá certo, mas não dão certo.

Você olha as fotos e lembra-se de cada movimento, cada sorriso daquele dia [...].
Luciana. 
Postar um comentário